Avançar para o conteúdo principal

Semana da Leitura

Era uma vez um agrupamento...
e nesse agrupamento parou-se para ler em simultâneo em 10 jardins-de-infância, 15 escolas 1º ciclo e uma escola-sede INTEGRALMENTE numa Quarta, das 11:00 às 11:15.
Não houve telefones, nem serviços de secretaria, nem fotocópias, nem matéria, nem saltos em Educação Física, pois todos, mesmo a Direcção e as cozinheiras do refeitório estiveram a ler por prazer. Até um convidado da Cruz Vermelha, que veio falar para alunos de 9º ano sobre Droga, interrompeu a palestra e, juntamente com 60 alunos, parou para ler.
Deu algum trabalho a algumas pessoas sensibilizarem toda a gente, bem como os colegas de todas as escolas do agrupamento mas foram esses todos que fizeram o momento e acarinharam a actividade em prol das leituras, dos livros, duma pausa no dia a dia... que não é perda de tempo mas investimento.
O desafio foi lançado ao concelho e as escolas com bibliotecas integradas na RBE aceitaram o desafio e muitas conseguiram efectivar na prática a actividade, dizem os ventos que correm.Na escola-sede deste agrupamento de abelhinhas......
Como se tratava de uma leitura por prazer, cada um levou algo para ler que fosse significativo para si e foi muito interessante saber que houve miúdos deitados a ler nos colchões do ginásio (a meio de uma aula de Educação Fisica) ou as funcionárias da secretaria concentradas nas suas revistas. Aos alunos mais esquecidos foi previamente distribuída a revista Visão, que tem sempre algo de interessante para descobrir.
Duas pessoas foram excepção à regra, pois fotografaram os vários espaços da escola nesses 15 minutos, em que as portas das salas foram abertas e a música clássica ecoava. Duas funcionárias foram encontradas juntas à beira de uma mesa a ler uma oração, o que prova que cada um pode ler o que entender, desde que leia.
No caso do ensino especial, a leitura também surgiu, aqui colectivamente e puxando pelos afectos. O mesmo no pré-escolar e nalguns casos no 1º ciclo, alguns foram para o exterior ler à luz do sol.
Será que a actividade tocou o coração dos envolvidos e fortaleceu os laços entre as escolas daquele agrupamento, em que todos faziam o mesmo - LER - à mesma hora???
Isso a história não conta, pois, na verdade, a história não acaba aqui.(...)
Cláudia Mota

Comentários

  1. Achei fabulosa a reportagem que apresenta e mostra bem o sucesso da iniciativa. No Agrupamento de Escolas de Valadares tenho feito periodicamente uma actividade similar a que chamei o "Toca a Ler" e que já teve as formas "Toca a ler com música" e "Toca a ouvir poesia". São marcos importantes na nossa luta por fazer descobrir o prazer da leitura, que dão frutos e água mole em pedra dura...
    Abraços bibliotecários da
    Mª Antónia Meireles

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

Mensagens populares deste blogue

Horário de atendimento e serviços prestados

#bibliotecasemprecontigo A BIBLIOTECA PRESTA APOIO: - no desenvolvimento das literacias da leitura, da informação e dos media; - na utilização de recursos e ferramentas digitais; - na pesquisa de informação e na seleção de recursos; - na realização de atividades livres em articulação com os docentes e famílias; - através da disponibilização de recursos/ferramentas de apoio às atividades letivas.

Atividade 5 - Ler os títulos dos livros da esquerda para a direita...

... tal como foram organizados por um(a) bibliotecário/a... simplesmente brilhante!